site desenvolvido por anverso comunicação e : ) sites 

SIMPÓSIO III

Discurso, silêncio, memória

Coordenação: Gesualda Rasia (UFPR) e Amanda Scherer (UFSM)

 

Ementa: Este simpósio toma como eixo definidor o discurso como prática histórico-social constituída no e pelo confronto de forças e de posições os quais materializam, na ordem da língua, efeitos de sentido quase sempre à deriva. Entendendo a memória, nos termos de Pêcheux (1999, p. 50), como acontecimento a ler que estabelece a condição do legível em relação ao próprio legível, colocamos esta noção em confronto/cotejo com a de silêncio, enquanto condição necessária do dizer, desde sua constituição até a interdição, nos termos de Orlandi (2001). Nosso simpósio visa acolher reflexões que proponham avançar na relação discurso, silêncio e memória levando em conta a discursividade contemporânea brasileira sobre questões de legitimidade e prática política relacionadas a problemáticas de ordem social, histórica e educacional.

Trabalhos:

O estatuto político das humanidades na universidade: a produção de sentidos em meio a silenciamentos

Gesualda Lourdes dos Santos Razia

Foi propaganda mesmo, Presidente?

Andréia da Silva Daltoé

Ecos bonapartistas na educação brasileira: discurso, memória e resistência

Fabiano Duarte Machado e Maria do Socorro Aguiar de Oliveira Cavalcante

“Cale-se”, Chico!

Gabriela Costa Moura e Maria Virginia Borges Amaral

Auscultar Vestígios: a especificidade significante do silêncio na divisão do trabalho semântico

Iago Moura Melo dos Santos e Maurício Beck

Memória e esquecimento na política midiatizada: uma análise discursiva do caso Marielle Franco

Joseane Silva Bittencourt e Maria da Conceição Fonseca-Silva